Jak lokalny*

Domingo, 7 de junho de 2015. Era o meu último dia em Varsóvia, mas não sabia disso.  Quando a claridade exuberante daquela manhã me acordou, eu sequer havia pensado seriamente sobre deixar a cidade. Tinha consciência de que o momento se aproximava – estava há 25 dias na Polônia e há dez no apartamento do meu amigo Łukasz (na verdade o apartamento era dos pais dele); em algum momento teria que tomar vergonha na cara. No entanto faltava experimentar algo que eu não sabia definir, apenas sentia a sua necessidade como se houvesse um compromisso o qual não estava honrando.

Leia mais

We can do it! By Mia Anzola

Olá desbravadores!

Capacitar as adolescentes é necessário. Sabemos que é a chave para o crescimento econômico, a transformação social e a estabilidade familiar. A realidade é que as mulheres ainda são estereotipadas, e só trabalhando sua formação a partir de uma idade precoce é que poderemos pensar efetivamente em uma sociedade melhor, onde possamos desfrutar de uma maior equidade.

Leia mais