Ir para conteúdo

Surf Exchange: um novo jeito de surfar, viajar e ajudar

surfing

Olá desbravadores!

Confesso: se tem uma coisa que eu gosto de fazer é conhecer novos projetos que unem proteção ao meio ambiente, causas sociais e viagens. Minha grande frustração é não ter viajado e conhecido alguma dessas iniciativas pessoalmente.

Mas a energia dessa galera – via e-mail, direct e todas as possibilidades de comunicação que a internet promove para aproximar as pessoas – é sensacional.

Prometo que em breve acabarei com essa lacuna no meu currículo de viajante.

Pegando a onda das postagens anteriores, sobre turismo ambiental e social, este mês tive o prazer de conhecer mais um projeto: a Surf Exchange.

surf
Foto: Logo Surf Exchange

Trata-se de um programa criado por surfistas de diferentes países, com o objetivo de promover o turismo solidário por meio do surfe. O que inclui o desenvolvimento socioeconômico sustentável das comunidades locais, a partir da promoção de um intercâmbio esportivo, ambiental e social, de forma consciente e diferenciada.

No Brasil, já temos projetos em Itacaré (BA) e na Praia da Pipa (RN). Na África do Sul, em Cape Town e Jeffrey’s Bay.

Pode-se dizer que o principal projeto da Surf Exchange é o “Surfista Voluntário”, que tem como meta a inclusão social de crianças e jovens carentes por intermédio de uma atividade esportiva sedutora e saudável. Os focos prioritários são a preservação do meio ambiente nas comunidades atendidas e, claro, a evolução dos participantes na prática do surfe.

beach-3393984_640
Foto: Creative Commons

O que está incluído nos projetos do Surf Exchange?

  •  Aulas de surfe: nos melhores picos de onda da região c/ professor local credenciado
  • Atividades sociais: introdução do surfe e suporte às crianças e jovens carentes da comunidade local
  • Atividades ambientais: mutirão de limpeza das praias, transformação de pontos viciados de lixo em jardins comunitários, monitoramento da desova de tartarugas, workshop santuário ecológico Tamar, workshops de educação ambiental nas escolas públicas locais, entre outras.

Como consequência das ações desenvolvidas durante o projeto, os participantes estarão envolvidos diariamente com a comunidade local, ajudando na inclusão social das crianças, na preservação do meio ambiente e no crescimento do turismo na região de uma forma mais inclusiva e sustentável.

O impacto é extremamente positivo tanto para os participantes como para a comunidade local, por meio desta interação solidária e imersão na cultura do surfe.

comunidade surf
Foto: Surf Exchange

Vale lembrar que parte do valor do programa é diretamente destinada à comunidade local, para que as crianças possam dar continuidade à prática do surf.

Gostou? Entre em contato através do site, das redes sociais ou pelo e-mail:

info@surfexchange.com.br

Até a próxima!

Au Revoir, Ci vediamo, Hasta Luego, See you later, Até logo!

Michellândia

Nas redes 💻

✈Facebook: @blogmichellândia
✈ Instagram: @blog_michellandia
✈ Bloglovin’: Michellândia
✈ Linkedin: Michelle Graça
✈ Mochileiros.com: Autora Michelle Graça

Foto Capa: Creative Commons

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: