Ir para conteúdo

Turismo solidário: conheça a Exchange do Bem

trabalho em equipe

Olá desbravadores!

Tenho uma paixão incontrolável pela América Latina: a cultura, o povo e seu jeito acolhedor, a diversidade gastronômica, a língua (acho o espanhol lindíssimo), enfim, são tantas coisas que despertam minha vontade de vivenciar intensamente esses países, que ficaria horas conversando sobre.

Nessas andanças, muitas vezes me questiono sobre como posso contribuir para que essas comunidades possam ter uma qualidade de vida melhor.

Em meio a esses questionamentos, tive a felicidade de descobrir a Exchange do Bem, uma empresa com foco em projetos de Educação e Proteção à Criança, mas que também apoia diversas causas em outras áreas importantes.

Os projetos sociais são selecionados rigorosamente, e são inspecionados para que se tenha certeza de que estão de acordo com o prometido.

Exemplo a ser seguido

Para os voluntários envolvidos com o Exchange, a ideia é proporcionar a si mesmo um ambiente de imersão/inserção cultural durante as viagens. Assim, a pessoa retorna a seu país não apenas com o sabor da aventura, mas também com o sentimento de missão cumprida: um aprendizado significativo sobre a realidade de vida em outros lugares.

Sobretudo a empresa acredita que, vivenciando essas experiências, os voluntários tendem a se tornar embaixadores na conscientização das causas dos projetos e países que escolheram, difundindo ainda mais a ideia de espalhar o bem.

O nome Exchange do Bem significa exatamente isso: é uma troca de gentilezas, você faz o bem e recebe o bem em troca.

Um outro conceito relativo ao nome da empresa deriva do significado da expressão exchange program, que quer dizer programa de intercâmbio – e intercâmbio social combina muito com intercâmbio do bem, não é mesmo?

eduardo-excharge do bem
Foto: O Eduardo, idealizadou da Exchange do bem, no Nepal / Arquivo Pessoal

Projeto em expansão

Outro lado legal da Exchange do Bem é a busca por parcerias com o setor privado, para investir na educação do Brasil.

Eles perceberam que vários dos problemas que enfrentamos atualmente, como aumento da insegurança e da violência, crescimento do tráfico de drogas e da criminalidade em geral, entre outros desafios, são em parte resultantes de uma educação precária, decorrente da falta de investimentos públicos.

Por isso, a empresa destina 10% de seu lucro líquido para o acesso à educação aqui no Brasil. Ou seja: optando por um intercâmbio solidário com a Exchange do Bem, você contribui duas vezes.

Todos os países participantes e todos os projetos oferecidos pela Exchange estão indicados no site da empresa, assim como informações gerais sobre quando ir, quais atividades são oferecidas, a que preço e tudo o que está incluído nos pacotes.

exchange do bem
Foto: Logo da Exchange do Bem

Também é legal ressaltar que eles dão toda assistência para vistos e vacinas necessários, além de venderem os aéreos e o seguro-viagem, podendo o voluntário fechar o pacote completo com a empresa.

Gostou da iniciativa? Busque uma causa com a qual se identifique e mãos à obra – ou, boralá, viajar e ajudar !

Eu, já achei a minha causa – e você?!

Se sim, adicione nosso cupom MICHELLANDIA100 e ganhe desconto na atividade escolhida (apenas internacionais)!

Mais informações no site e no blog da empresa.

Até a próxima!

Au Revoir, Ci vediamo, Hasta Luego, See you later, Até logo!

Michellândia

Nas redes 💻

✈Facebook: @blogmichellândia
✈ Instagram: @blog_michellandia
✈ Bloglovin’: Michellândia
✈ Linkedin: Michelle Graça
✈ Mochileiros.com: Autora Michelle Graça

Foto Capa: Creative Commons

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: