Ir para conteúdo

We can do it! By Letícia – Iris Ateliê Criativo

Olá desbravadores!

Eu sou a Letícia, tenho 28 anos e há pouco tempo me descobri mulher. Eita, mas como assim? Tem uma frase da Simone de Beauvoir que diz:

“Ninguém nasce mulher, torna-se mulher.”

Eu não entendia direito essa frase, até olhar parar trás e ver tudo o que já tinha vivido nesses meus poucos anos de vida, e me olhar no presente e me reconhecer como uma mulherona incrível (amor próprio é importante, manas!!!).

Eu me tornei mulher também quando comecei a enxergar as mulheres ao meu redor, seja as do meu convívio diário, sejam aquelas desconhecidas que eu encontro por acaso na internet, no trem, na conversa de amigos – mulheres com as quais me senti e me sinto tocada, por suas histórias, suas batalhas. Mulheres que me fizeram ver, também, que eu preciso ser forte não por mim, mas por elas.

Mas então né, o que é ser mulher, Lelê?

Ser mulher é ser lutadora, persistente!

#naocausecomaminhacausa
Durante o mês de Março use #naocausecomaminhacausa em suas fotos, elas podem ser repostadas no nosso Instagram.

É não desistir da sua carreira numa sociedade onde mulheres de um modo geral ganham bem menos que os homens, precisando provar todo dia que são competentes para exercer seu trabalho.

É não desistir de ser mãe mesmo vendo tantas amigas que sofrem críticas dessa sociedade que acha que após a maternidade a mulher tem que “morrer” para si e só viver para o filho. Sem contar os casos de alguns pais que são negligentes, que deixam a responsabilidade da criação toda nas costas das mulheres, não pagam pensão, e todas aquelas histórias que costumamos ouvir.

Ser mulher é não tirar o batom vermelho, é se recusar a parar de usar a sua minissaia só para evitar olhares maliciosos e cantadas ofensivas na rua. É continuar indo aos lugares que você quer, na hora que você quer, mesmo morrendo de medo de cruzar com alguém mal intencionado.

Ser mulher é não ter medo de falar sobre agressão, seja ela física ou psicológica, num país com a quinta maior taxa de feminicídio do mundo. É sofrer junto da sua amiga que está dentro de um relacionamento abusivo, dar apoio para ela conseguir sair dessa.

É poder ser dona do seu corpo numa sociedade que vive vomitando padrões que “devemos” seguir: ter o peso X, usar a roupa Y, o corte de cabelo N…

É conhecer a história das mulheres da sua família, e sentir todo o poder do feminino que existe em você.

Ser mulher é empoderar as mulheres ao seu redor, mostrar para as meninas que elas podem ser o que elas quiserem. E também aprender, se desconstruir e se reconstruir diariamente. É abrir os braços e apoiar as causas das nossas irmãs transgêneras.

Leticia-arte
Lindeza de desenho feito pela Letícia: arte, cores e expressão 

Ser mulher é continuar encontrando forças para dar o apoio para outras mulheres, mesmo quando você está destruída por dentro com o bombardeio de notícias sobre abuso, pedofilia, desigualdade de gênero. É nunca perder a esperança de que um dia vamos conseguir viver numa sociedade justa para todos, mesmo que esse dia nunca chegue.

Talvez vocês já tenham ouvido falar várias vezes sobre os assuntos abordados aqui, mas temos que continuar falando sempre. Pra conscientizar as pessoas, fazer elas refletirem.

Desejo do fundo do coração que vocês mulheres lindas continuem correndo atrás dos seus ideais, não se esqueçam de vocês nunca!

“Luta” é substantivo feminino, é o esforço para superar, para vencer obstáculos e dificuldades. E nós somos lutadoras, nós vamos conseguir SIM mudar essa história!

A Lê tem um ateliê criativo repleto de coisas lindas. Acesse o Iris Ateliê Criativo e conheça sua arte.

Au Revoir, Ciao, Hasta Luego, See you later, Até logo!

Michellândia

Nas redes 💻

✈Facebook: @blogmichellândia
✈ Instagram: @blog_michellandia
✈ Bloglovin’: Michellândia
✈ Linkedin: Michelle Graça
✈ Mochila Brasil: Autora Michelle Graça

Anúncios

2 comentários em “We can do it! By Letícia – Iris Ateliê Criativo Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: