Ir para conteúdo

Férias pra Ontem: dicas de Curitiba que vão além do trivial

Olá desbravadores!

Aqui quem escreve é a Karen Peressuti do blog de viagens e experiências Férias pra Ontem. A Mi me convidou para fazer esse guest post, pois quem melhor para falar de Curitiba do que uma curitibana como eu?! Preparados para se inspirarem com essas dicas? Então vamos lá!


Lugares a visitar

1 – Jardim Botânico

A Mi me pediu para fugir do trivial, mas não tem como não vir a Curitiba e não conhecer o maravilhoso Jardim Botânico. Ele foi inaugurado no dia 5 de outubro de 1991 e foi inspirado no Palácio de Cristal de Londres – com jardins no estilo francês.

O parque é cercado por um muro de telas, e possui apenas duas entradas, sendo uma delas para o estacionamento. Lá dentro, encontramos uma lanchonete. Vendedores de sorvete, churros e caldo de cana não podem entrar, mas vendem seus itens do lado de fora do parque. Mesmo com toda a área cercada, não é preciso pagar para entrar no parque. A visitação é gratuita, no seguinte horário:

Das 06h00 às 20h00 durante o horário de verão.

Das 06h00 às 19h30 durante o horário de inverno.

Jardim Botânico
(Foto: Karen Peressuti – Férias pra Ontem)

2 – Museu Egípcio

O Museu Egípcio da Rosacruz em Curitiba-PR é formado por cerca de 700 peças relacionadas ao Antigo Egito, um acervo que conta histórias dos faraós, da religião e do cotidiano daquela civilização. O museu foi fundado em 17 de outubro de 1990 pelo ex-Grande Mestre rosacruciano, Frater Charles Vega Parucker.

No museu há réplicas fiéis de objetos cujos originais são conservados em diversos museus espalhados pelo mundo. A peça mais considerada mais importante do Museu Egípcio é a múmia original de uma dama egípcia chamada “Tothmea”, que possui cerca de 2600 anos. Ela está na coleção do museu desde 1995. Do lado de fora, há grandes estátuas, portões e decorações. O valor do ingresso é R$ 5,00.

Museu Egípcio e Rosacruz em Curitiba
(Foto: Acervo pessoal / Férias pra Ontem)

3 – Torre Panorâmica

Por mais que seja um ponto turístico, nem todos os viajantes passam por aqui.

A cada parte da torre existe uma rosa dos ventos que diz em que direção você está olhando (Norte, Sul, Leste, Oeste), além de oferecer um mapa com os pontos turísticos de Curitiba numerados. O valor de entrada também é de APENAS R$ 5,00. E ainda tem meia-entrada!

Torre Panorâmica de Curitiba
(Foto: Karen Peressuti / Férias pra Ontem)

4 – UNILIVRE

Aqui é outro lugar pouco conhecido, até mesmo pelos curitibanos. Mas, em certo sentido, é ainda melhor – por ser um pouco mais “deserto”. Assim, você pode curtir aquela vibe da natureza.

UNILIVRE
(Foto: acervo pessoal / Férias pra Ontem)

O que fazer à noite

5 – Barzinhos

Curitiba é cheia de barzinhos, ainda mais agora com a moda das cervejas artesanais.
Eu gosto muito do Shopping Hauer, que fica localizado no bairro Batel. Não vá pensando que é um shopping, e muito menos que tem onde sentar, porque aqui o povo fica todo em pé mesmo, em frente às várias lanchonetes e bares. A lanchonete mais conhecida é a Whatafuck, onde encontramos um hambúrguer artesanal que custa somente R$ 10,00 – e que é uma delícia!

Há também os barzinhos mais tradicionais, tanto na Avenida Batel quando na Rua Itupava.

No centro histórico você encontra o Bar do Alemão. Lugar onde você toma o famoso Submarino: Chopp com uma dose de Steinhaeger (você pode levar a canequinha do Steinhaeger embora, como eles mesmos dizem: roubar honestamente).

6 – Baladas

Eu vi uma notícia informando que Curitiba é a cidade que mais ouve sertanejo pelo Spotify, então não é à toa que aqui tem um montão de baladas sertanejas. Se você gosta, confira as duas mais famosas: Shed e Woods.

Se você gosta mais de rock então vá para o Crossroads. Quem sabe você não dá a sorte de encontrar um cover de uma banda que você curte!


Onde comer

7 – Santa Felicidade

Santa Felicidade é um bairro italiano em Curitiba. É aqui que você encontra a famosa “rua dos restaurantes”, a Avenida Manoel Ribas. O mais famoso é o restaurante Madalosso. Porém, existem muitos outros: Castelo Trevizzo, Cascatinha, Madalosso Velho, Dom Antonio, Siciliano, Portal, Venezza

A comida é típica italiana, a maioria dos restaurantes tem o mesmo menu: macarrão, frango, polenta, lasanha… Se você está curto de dinheiro, vá ao Cascatinha – é o mais barato, e a comida é farta e gostosa, igual a qualquer um dos outros. Se quiser visitar o restaurante que já foi considerado pelo Guinness Book o segundo maior restaurante do mundo e o maior da América Latina, vá ao Madalosso. Já o Venezza traz um pouco mais de requinte, mas também é mais caro. Enfim, o que realmente importa: todos são deliciosos!

8 – Churrascarias

Sempre ouço pessoas de outros estados falarem que as churrascarias de Curitiba são muito baratas. Eu recomendo uma das três abaixo. Todas elas oferecem rodízio de carnes e massas, buffet de saladas, antepastos, frutos do mar, sushis e sashimis, entre outras guloseimas.

  • Batel Grill, Jardins Grill e KF Grill:O preço varia de R$ 80,00 a R$ 90,00 por pessoa, dependendo do dia da semana.

9 – Ca’dore – Comida Descomplicada e Mercado Sal

Esses dois lugares têm um conceito bem diferenciado. Eles são constituídos por diversos contêineres, cada um com um tipo de comida: pastel, hambúrguer, coxinhas, massas, waffles, doces, cafés, cervejas, drinks… No meio desses contêineres todos, existem áreas abertas e fechadas para você aproveitar a sua refeição. O clima é sempre descontraído.

Ca'dore
Ca’dore (Foto: Karen Peressuti / Férias pra Ontem)

Um pouquinho mais longe

10 – Morretes

Se você tiver um tempinho, vá até Morretes. É uma cidade na região litorânea do Paraná. Para chegar até o mar, é preciso viajar mais alguns quilômetros. Mas não dá para reclamar, porque Morretes é cheia de rios e, além disso, possui vários restaurantes que servem um prato típico paranaense: o célebre Barreado.

NHUNDIAQUARA
Hotel e Restaurante Nhundiaquara (Foto: Karen Peressuti / Férias pra Ontem)

Espero que vocês tenham aproveitado o post, e quando vierem a Curitiba não deixem de me visitar!

Tchau e até a próxima!

 


Redes:friaspraontem_1500511850_280

Facebook: @feriaspraontemm
Instagram: @ferias_praontem
Linkedin: Férias pra Ontem
Mochila Brasil: Karen Peressuti
Pinterest: Férias pra Ontem

 

Au Revoir, Ciao, Hasta Luego, See you later, Até logo!

Michellândia

Nas redes 💻

✈Facebook: @blogmichellândia
✈ Instagram: @blog_michellandia
✈ Bloglovin’: Michellândia
✈ Linkedin: Michelle Graça
✈ Mochila Brasil: Autora Michelle Graça

 

Foto Capa: Creative Commons

Anúncios

6 comentários em “Férias pra Ontem: dicas de Curitiba que vão além do trivial Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: