Orlando muito além dos parques – parte I

Olá desbravadores,

Orlando é um destino que mexe com o consciente, subconsciente e coração de criança até do mais rústico aventureiro. Mas você sabia que esse destino têm diversão além de seus parques?

Em 2012, quando conheci o destino, um dos passeios mais divertidos que fiz foi assistir um jogo de basquete entre Orlando Magic e Boston, no Amway Center, tornando-se uma experiência inesquecível.

Buscando ajuda-los a viverem essas experiências, nosso Guest Post de hoje é com a Paula Guimarães da Come to Disney, trazendo dicas de passeios que vão muito além dos parques, vamos conferir?

 

Orlando muito além dos parques.

Por Paula Guimarães

As pessoas tendem a viajar para Orlando com foco nos parques e nas compras, o que já é assunto suficiente para mais de 10 dias de roteiro, porém, o que poucas pessoas sabem é que Orlando tem milhões de experiências fora dos parques que atendem a todos os tipos de públicos.

Em Setembro de 2016, fiz minha primeira viagem para Orlando com um grupo que não queria visitar nenhum parque. Meu primeiro pensamento foi: E agora? O que fazer durante dez dia em Orlando sem ir aos parques?

E adivinhe o que aconteceu? Faltou tempo para fazermos tudo o que programamos! Contarei um pouco sobre os lugares desse roteiro surpreendente:

come to disneyArte: Divulgação / Come to Disney

Dia 1 – I-Drive 360º & The Rising Star

The Coca-Cola Orlando EyeFoto: The Coca-Cola Orlando Eye / Creative Commons

O I-Drive 360º é a casa da roda gigante The Coca-Cola Orlando Eye. Além do mirante com vista de 360º, que traz uma experiência única em cabines temáticas, o complexo conta com o Museu da Madame Tussauds, interativo e que rende lindas fotos com seus artistas preferidos, e o Sea Life Aquarium, onde você encontra um túnel de tubarões e atividades interativas. O melhor horário para se visitar o mirante é no final da tarde, com um lindo pôr do sol visto do alto.

Madame TussaudsFoto:  Museu da Madame Tussauds / Come to Disney

Com o cair da noite a dica é ir ao City Walk da Universal Studios. Entre os diversos restaurantes, destaca-se o Rising Star, um bar estilo karaokê onde uma banda acompanha os aspirantes a cantores.

Dia 2 – Daytona Beach

Mais ou menos a uma hora de Orlando fica localizada a Daytona Beach: um local para você relaxar, curtir um dia de sol, fazer um lanche ou tomar um sorvete como nos filmes. Como opções de passeio você encontra o Museum Arts & Science, com a maior exposição de ursos de pelúcia do mundo, uma grandiosa coleção da Coca-cola, um museu para crianças e seu planetário.

Daytona_BeachFoto: Daytona Beach / Creative Commons

Se você é apaixonado(a) por carros, uma opção é fazer o tour pelas pistas e seus bastidores da Daytona International Speedway, pilotar um carro da Stock Car na Richard Petty Drivin, ou conhecer a sede da Nascar.

Dia 3 – Saint Augustine

St._Augustine,_Florida,_USAFoto: Saint Augustine / Creative Commons

Esta é uma cidadezinha que quem a conhece se apaixona. A mais ou menos 1:40 horas de Orlando, a sensação que temos é que alteramos o destino: um forte, um farol, museus, parques e muito mais. Para quem busca um “time out” dos parques é realmente um refresco na cidade mais antiga da Florida.

Dia 4 – Ringue de Tiro & Cirque Du Soleil

Em Orlando existem vários Ringues de tiros com aulas para iniciantes: após um rápido treinamento, você escolhe seu alvo e brinca com toda segurança. Existem vários tipos de armas a disposição, mas para quem nunca atirou sugiro começar com uma mais simples.

LaNoubaFoto: Divulgação  / Cirque Du Soleil

O Cirque Du Soleil está fixo em Disney Springs há quase 20 anos, e exibe exclusivamente o espetáculo La Nouba, que terá sua última apresentação no 31 de Dezembro de 2017, sendo substituído por outro show ainda não confirmado pelo circo. O espetáculo é lindo e vale muito a pena, inclusive para crianças.

Dia 5 – Disney’s Boardwalk & Jelly Rolls

Disney’s BoardwalkFoto: Disney’s Boardwalk / Creative Commons

O Disney’s Boardwalk é um cantinho da Disney que poucas pessoas conhecem: um calçadão de madeira na beira de um lago, com restaurantes e lojinhas. Neste local sempre tem algo acontecendo, um filme Disney ao ar livre, um mágico, um mímico… sempre uma boa surpresa!

The Flying FishFoto: The Flying Fish / Creative Commons

Uma dica é reservar o jantar no The Flying Fish, uma experiência gastronômica incrível, e finalizar a noite no JellyRolls:  um bar em Disney’s Boardwalk com duelos ao vivo entre dois pianistas (apenas para maiores de 21 anos).

Jellyrolls_OrlandoFoto: JellyRolls / Creative Commons

To be continued…

 

Au Revoir, Ciao, Hasta Luego, See you later, Até logo!

Michellândia

Nas redes 💻

✈ Blog Geração Touch: www.geracaotouch.com
✈Facebook: @blogmichellândia
✈ Instagram: @blog_michellandia
✈ Bloglovin’: Michellândia
✈ Linkedin: Michelle Graça
✈ Mochila Brasil: Autora Michelle Graça

Foto Capa: Creative Commons

Anúncios

2 comentários em “Orlando muito além dos parques – parte I

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s