Ir para conteúdo

Inspiração: Sobre parques de diversão…

Olá desbravadores!

No início dessa jornada chamada Michellândia, publiquei um poema de um dos meus autores prediletos: Gabriel García Marquez. A intenção era inspirar vocês a viajarem de uma forma poética, durante a leitura.

Esta semana vivenciei um turbilhão de emoções e pensamentos. A vida me trouxe lições das quais havia me esquecido e percepções que não havia até então entendido, adicionando novas reflexões ao meu viver.

Neste dia, término de semana, encontro em minhas anotações um poema perdido que ilustra a vida de uma forma simples. Como acredito que nada é por um acaso, o poema me tocou de uma forma muito intensa, tão intensa que gostaria de compartilhar com vocês.

Espero que gostem e se inspirem…

“A vida é como um parque de diversões, nós somos crianças no gira-gira. Em alguns momentos ficar girando é legal, damos risadas, sentimos friozinho na barriga, ficamos felizes. Em outros momentos aquela “giração” toda começa a dar enjoo, aflição, tontura. Então precisamos parar, aceitar aquela tontura toda, pegá-la no colo e fazê-la passar. Quando tudo se acalma decidimos se queremos tentar de novo ou não. A vida também é uma gangorra: uma hora estamos lá em cima, vendo o mundo sob outro prisma, abraçando as nuvens, e outra hora estamos lá embaixo, com os pés no chão, avistando o horizonte de frente. A vida é um balanço: nós vamos para a frente e para trás. Buscamos impulso, força, estímulo para seguir e recuamos, para pedir ajuda ao passado e andar de encontro ao futuro. A vida também é escorregador: subimos degraus, chegamos ao topo e num piscar de olhos descemos até o chão. Muitas vezes a queda é violenta, caímos de boca no chão, comemos areia, ralamos joelhos e cotovelos, nos machucamos e choramos.”

Clarissa Corrêa

Au Revoir, Ciao, Hasta Luego, See you later, Até logo!

Michellândia

Nas redes 💻

✈Facebook: @blogmichellândia
✈ Instagram: @blog_michellandia
✈ Bloglovin’: Michellândia
✈ Linkedin: Michelle Graça
✈ Mochila Brasil: Autora Michelle Graça

Foto Capa: Creative Commons

 

Anúncios

4 comentários em “Inspiração: Sobre parques de diversão… Deixe um comentário

  1. Que lindo Mi! Amei esse poema. E essa comparação faz todo sentido.
    Gosto muito de textos que nos fazem refletir sobre o que é viver.
    Sou apaixonada por um texto da Silvana Duboc que compara a vida a uma viagem de trem, se eu não me engano o nome é “O trem da vida”.

%d blogueiros gostam disto: